As listas

Tenho andado a pensar nisto há bastante tempo. Já li 3 livros que falam nelas, sem contar com o retiro que fiz e também me falaram nelas… assunto recorrente. Está em todos os contextos, casa, trabalho, igreja, enfim… e porque são tão importantes as listas??Vais ser mais organizada, mais metódica, com objectivos definidos, menos tempo para parar sem saber o que fazer.. são estes os motivos apresentados.

O plano é de manhã cedinho ou à noite fazer a lista para o dia seguinte. Parece coisa de cota, né? Então e o inesperado, a aventura, viver o momento??

São considerações que vou tecendo. Mas quando tens trabalho, várias coisas para gerir, e eventos para tratar, uma lista é crucial. Sou a favor das listas. Mas isto não acaba aqui, já fizeste uma lista? boa estás no bom caminho.

Mas ainda não acabou, a tua lista (como a minha, quando as faço) it’s a process( como o psicólogo diz naquele filme).

Nem todas as tarefas têm o mesmo grau de importância, ou será que têm? se têm é sinal que ainda não definiste prioridades, ou se já as definiste e é tudo prioritário.. o dia só tem 24h das quais entre 7h e 8h (em média) são para dormir.. já tens menos horas para fazer tudo. Se há pouco tempo e não dá para fazer tudo, há que criar categorias.

Existem vários livros que te podem ajudar nisso, são muito úteis esses livros :D.

Depois disso, já é mais fáci decidir o que fazes primeiro, o que deixas para depois ( se for possível começa pelo mais dificil, livraste logo daquilo que te atormenta).

Reserva espaço para cafés e convivío, que também é importante desde que não seja contraproducente. Ou seja, se tens um deadline para amanhã ás 10h com apresentação e tens coisas para fazer, embora fixe e brutal é contraproducente ires ao cinema à sessão da meia-noite loll, embora muito fixe ). Ainda não sou pro em fazer listas, nem sou metódica nem nada, mas estou no caminho de entender a sua importância nas várias áreas da minha vida.

Quando estiver pro e vir mudanças radicais, conto-te como foi:)